Do que é apelativo.

image

Andava por aqui a divagar pelas redes sociais onde tantas vezes concluo nada aprender, mas onde tantas outras vezes [acho que a maioria] sempre tiro alguma conclusão, vejo as notícias, as tristezas e alegrias, aprendo receitas e dicas, tenho ideias sobre fotografia, inspiro-me nas fotografias maravilhosas que vejo, e acho que no fim [por tudo isso] saio sempre mais rica do que entrei.

Muitas vezes não consigo perceber a correlação entre os gostos, os likes e a qualidade [ou não] de um post.
Vejo fotografias absolutamente espantosas com meia dúzia de likes e aberrações de publicações partilhadas ao limite sem qualquer interesse ou aplicabilidade que não a do mero.. deixa andar, que isto tem graça e o Facebook serve é para coisas sem fundamento..

Ora bem eu tenho uma forma muito própria de utilizar as redes sociais..
Raramente faço partilhas [tem que ser algo que me diga efectivamente muito para que o partilhe].
Atenção [e isto que fique bem claro] não tenho nada contra quem o faz.

Já percebi que isto se divide em 2 grandes grupos com um terceiro que para mim, se calhar até é o maior:

Grupo 1- as pessoas que partilham tudo e mais alguma coisa desde a música da Mãe da Rádio Comercial, às previsões da meteorologia, a ementa do restaurante da esquina e as publicações da Regina Duarte de visita a Lisboa.
Tem 20 publicações por hora e 50 ou mais por dia.
Raramente partilham qq coisa da sua vida pessoal e a foto do perfil pode ser um malmequer na Primavera ou um guarda chuva no Inverno. Tudo assim,  para deixar correr o tempo.. Sem grande preocupação com a coisa, nem a acharem que são eles que ali andam.. Partilham apenas.

Grupo 2 – As pessoas que nunca partilham nada de outras páginas mas que enchem a deles com detalhes da sua vida, do almoço do dia da Mãe onde a avó fez favas com chouriço ao pires de caracóis na esplanada da esquina, passando pelo ginásio com a selfie no espelho e o detalhe de tudo o que poderia ser tão bonito se continuasse na esfera do privado.. Mas não é, porque se publicou..

Grupo 3 – O misto, que faz partilhas ocasionais mas que gosta de humanizar a sua página.
E eu insiro-me aqui:
Do que mais gosto e do que sei que mais gostam [quem é meu amigo da vida real claro!]  é trazer uma foto com a minha mãe, onde o pequeno esteja, onde estejam as coisas que todos sabem que gosto..
Essas são as fotografias que toda a gente repara. Que se gosta de ver.
Eu gosto de ver aspectos pessoais, gosto de ver pessoas ainda que possam estar tristes porque faz parte, gosto de ver abraços, os animais de estimação, mas tb gosto e muito! de ver paisagens, retratos, e tantas outras coisas.

Não critico nenhum dos grupos. Eu própria aqui, trago muitas selfies, trago muitos detalhes que decidi apenas trazer a este canto.

Façam o teste.
Partilhem o malmequer que anuncia a Primavera, vindo da página,
“… Sensações das Estações… ”  e depois partilhem a vossa mão no campo a apanhar um malmequer.

[Acho mesmo que isto funciona assim.]
**

Til.

image

Vou fazendo o que posso enquanto conseguir, enquanto me for motivador e enquanto achar que o consigo fazer.
Mais um evento. A minha sorte é que é uma parte de 2 e portanto não tenho que entregar hoje e foi muito curto e rápido.
Não tenho corrido [não tenho conseguido mesmo] e isso faz-me muita falta.
O tempo está francamente muito mau..e não ajuda nada, pelo que não sei se é a isto que chamam Primavera..
Sei que está maravilhoso para esse lado..

Boa Tarde.
**

A noite a cair devagar..

Os dias têm andado murchos.
Podem ser os dias ou Eu. Sinceramente não sei.
Sei que a Primavera está muito atrasada, o verde demora a chegar e ontem nevou tendo coberto tudo de branquinho, choveu torrencialmente e hoje até esteve sol mas daquele que aquece pouco..
Os dias lá isso estão maiores.. Está agora o lusco fusco que daqui a um mês será dia por esta hora.

Para além do dia da Mãe hoje tb foi o Dia do Trabalhador. O dia de Maio como sempre ouvi o meu pai a chamar..
Um dia importante que não devo esquecer ou descurar só porque estou longe.
Tento não me esquecer de nada. E a verdade é que não esqueço mesmo.
Ao contrário de muitos aspectos onde estou francamente mais debilitada, a minha memória nunca me falhou. Nunca.

Boa Noite.
Amanhã será uma nova semana.
#souumavalente
**