São momentos muito complicados de ansiedade.

São as horas que não passam, mas que ao mesmo tempo não percebo se quero que passem depressa ou devagar.

É todo um conjunto de coisas de que não me posso esquecer.

É a ansiedade do meu filho que tambem tenho que ser eu a gerir.

É o medo de um dia não ter ninguém à minha espera.

Enfim, nem sei o que diga.

Advertisements

Estou verdadeiramente ansiosa.
Nem sei explicar o que sinto.
Como se até o medo se estivesse a apoderar de mim..
Tenho tantas saudades, tantas mas tantas..que acho que o meu coração se vai partir em 2.
😦

Photos..

Photos..

Tenho andando assim “armada” em fotógrafa!

Tenho esperado as horas melhores;
Tenho esperado que as nuvens se movam;
Tenho esperado que os céus tenham riscos;
Tenho feito alguns kilómetros;
Tenho apanhado frio como o caraças;
Tenho ficado assustada a achar que as cabeças dos dedos nunca mais voltam ao normal;
Tenho olhado para locais como que a micá-los e a ver se darão boas fotos… enfim…

Tenho-me armada em fotógrafa.

E, não posso avaliar por mim própria, mas acho que me tenho saído bem.
Muito feliz por isso!

Just a little bit..

Just a little bit..

Estamos ambos cansados.

Tu porque aprendes 3 línguas em simultâneo e muitas vezes já não tens pachorra nenhuma para me aturar, que eu bem sei; Eu porque me custa muito ver-te tão cansado e exigir ainda mais de ti, depois das aulas que já cumpriste.

Mas faço questão que aprendas a nossa língua. Nunca me passaria pela cabeça que não aprendesses a escrever e a ler a única língua em que te sabes expressar. Esse é um cavalo de batalha meu. Sei que te vou conseguir ensinar e sei que vais conseguir aprender.

Vamos ter muitas tardes cansativas como esta.
Mas vai valer a pena. Tenho a certeza que sim.

Read!

Read!

É o prazer mais antigo que tenho.
Mal aprendi a ler, nunca mais parei.
Tem sido a leitura que me tem ajudado. Sempre e desde Sempre.

Foi a leitura que me ajudou a ir mais além. A ser a pessoa que sou.
Guardo todas as personagens como se de pessoas reais se tratassem..lembro-me de todas as que me marcaram, lembro-me das lágrimas que deitei em tantos e tantos livros, das viagens imaginárias que fiz, dos cenários fabulosos que vi, das cidades que somente assim conheci , das saudades e da falta que algumas personagens desses livros me fizeram..nos dias a seguir a te-los terminado.
Tb acontecerá com mais alguem ter saudades das personagens dos livros? Sentir falta, querer saber “daquela gente”?? Ou será uma parvoíce minha??!!

Oh como adoro ler.
Como não pretendo NUNCA abdicar deste prazer.
Boa noite!!

Snow. So much snow.

Snow. So much snow.

Está tudo repleto.
E cai intensamente. Um manto intenso, branquinho, fofinho como aquele dos postais.
Sou do tipo de pessoas q escolhia ir à neve um fim de semana e regressava. A neve era para brincar, para nos divertir, não para fazer parte do quotidiano.
Não sei andar na neve, não sei conduzir na neve, não tenho roupa adequada para a neve..
Mas vou ter que ter, e vou ter que aprender, e vou ter que viver.

Porque aqui é assim. Todos os dias. Até Abril.
Bom dia!!