Do poder do sentimento.

Sabes que hoje foi um dia complicado para mim. Avisei-te, pedi-te miminhos.
Este é o nosso momento.
O único do dia que considero, nosso.

Boa noite.

Advertisements

Porquê?

Até onde vai a solidão?
Até onde pode ir?
De que tamanho é a solidão de alguem que acende velas para servirem de companhia? De que tamanho é isto?
Que tamanho tem este buraco que me consome? Que profundidade? Que nível de escuridão?

Que solidão é esta que não permite som? Que não permite qualquer espécie de som.. Que se alimenta de pequenos ruídos parasitas tais como o do frigorífico e o da Ribeira que passa a metros… Porquê?

Porque tenho eu que ficar neste estado? Porque não tenho um cão, ou um gato, ou porque sinto que se não acordasse ninguém daria conta?
Porque não atendo os telefones, porque não consigo atender?

Porquê? Porquê?