Proud Mommy…

752a398bf455927c9d76d1d8556e6132

.

Me.

Estao 0 graus. Entre 0 e 2 graus.
Nem sequer é muito frio, diria.
Mas está gélido, cortante. De não conseguir tolerar.

Já estou com a manta de novo. Que assim quero estar, e assim estarei.
Não sou pessoa de “arrumar as botas” mas às vezes tem que ser.
Temos que escolher um de dois caminhos, ou ser forte o suficiente e seguir em frente, ou desistir.
Não há meio termo, não há nim, é sim ou sopas.

Neste momento escolhi o gostar de mim, tratar de mim, olhar por mim. Eu. Mim própria.
Que me mereço um melhor tratamento que aquele a que me tenho vetado.
Olho para trás e vejo que a culpa foi minha. Sempre e sempre minha.
Fui eu que me deixei estar assim, fui eu que me tratei assim.
Foi o total foco num foco que nunca fui Eu.
E isso eu preciso inverter.

A partir de hoje vou ser a minha melhor amiga.
Vou esforçar-me para isso, terei muitas batalhas a travar, do outro eu que não se quer levantar, mas deste que não o vai permitir;
daquele que poderá querer sair de cara lavada, mas deste que terá a base, o anti olheiras, as paletas, blush e o rímel sempre à mão;

Porque a vida é o agora e aquilo que quero viver.
Porque a vida é não ter medo de estar bonita para a enfrentar.
É estar e querer sempre mais. Mais do que consegui, mais do que aquilo que tive e tenho.

É por isso que a partir de hoje terei uma atitude diferente.
Gostarei de mim!

Isso é no fundo tudo o que me tem faltado.
Boa Tarde!