Verão…(no meu relógio)

Chegou a hora de Verão.
Lá fora não tenho céu azul, nem arbustos verdes a despontar, nem raios de sol.
Tenho 50 cms de neve, chuva, temperaturas a rondar os 2 graus e um frio de rachar. Um frio que incomoda mais do que o frio de Inverno.
Os telhados estão todos branquinhos, as colinas, a fazer lembrar as vistas encantadas dos postais de Natal…
Em Dezembro o cenário quase nunca é este. Porque quase nunca neva em Dezembro.

Finais de Março e é este o tempo. Em finais de Março é estranho fotografar as vistas de Natal…é como ter uma lareira acesa em Agosto… Tudo muito estranho..
Esta noite mudou a hora…
Tenho tantas saudades do impacto que a mudança (positiva) da hora de Verão tinha em mim…
Aqui não sinto nada..a hora como tantas outras coisas, passa-me ao lado…

Que o verde venha logo.
Quero fotografar a cores…
Bom dia!

Advertisements

Do meu vício…

Eu não era viciada nisto.
Juro que não.
Mas agora preciso mesmo. Não consigo passar sem. Assim, pequeno, curto e cremoso como só o português consegue ser.

É o coração que ordena que o beba!
Boa Noite.

Das injustiças.

Parece que aquilo que supostamente era um acidente, com o voo da German Wings, afinal parece ser uma escolha prepositada do copiloto, um alemão de 28 anos, piloto inexperiente, que deliberadamente decidiu acabar com a vida dele e de mais 150 inocentes…

Quão injusto pode isto ser? Em troco de quê se comete uma barbaridade desta dimensão? Nada, mesmo nada justifica isto.

E o pior é que nunca vamos saber o que aconteceu. Mas a tecnologia ao nosso serviço, permite saber estes detalhes, os registos audio, os pormenores não lógicos…e a respiração calma do copiloto, que se trancou, e decidiu este fim…Vamos saber o que aconteceu, ainda que não completamente.

Pobres inocentes.
Maldito mundo que permite que isto aconteça. Estas cabeças deveriam assinalar estes pensamentos…tipo..um led vermelho indicaria o mal dentro de cada um…

Não aceito que isto possa acontecer. Não mesmo. Não é justo.

Da minha parte vão flores para as vítimas e a minha solidariedade.

boquet22

Snowing…really?!?!

Neva tanto mas tanto…
A sério, em finais de Março?!?! Mas o que é isto?!?! Apeada de novo, o carro não se mexe, o senhor que limpa as ruas deve estar de férias nas Caraíbas, e o caos está instalado. Filas de trânsito brutais, autocarros que não andam, comboios que não aguentam, primavera que se deixa dormir e vencer pelo campeão das províncias, o Sr. Inverno..
O que é isto?!?! Com esta intensidade? Agora?! Quando ainda anteontem me vesti com roupas frescas?! Deveria ter acreditado nas previsões, mas não imaginei ser possível…não assim…
Há um silêncio…
Os carros não andam…o dia não flui..

Que coisa estranha…em Março…no mês dos passarinhos…

Boa Tarde

Gosto.

Gosto de velas.
Gosto de decoração.
Gosto de detalhes.
Gosto de frutas, de quase todas.
Gosto de ambientes acolhedores.
Gosto de me sentir bem em casa, se lá tenho que estar mais tempo do que gostaria.
Gosto de ouvir música quando me apetece, escrever quando me apetece, ler quando me apetece, fotografar quando me apetece.
Gosto de leite. Mas estou proibida de o beber.
Gosto de pijamas.
Gosto de meias. E de collants.
Gosto de cachecóis, lenços, echarpes, e gorros.
Gosto de papas de aveia.
Gosto de chocolate.
Gosto de panos da loiça.
Gosto de guardanapos, diferentes, originais e divertidos.
Gosto de produtos de higiene e limpeza.
Gosto de marketing e de não ser capaz de lhe resistir mesmo sabendo que o é.
Gosto de ver os pavios das velas a arder.
Gosto das de baunilha, cujo cheiro inebria o ambiente.

Gosto de coisas simples.
Gosto da simplicidade de uma caneca.
Gosto de flores.
Gosto de gaiolas.
Gosto da Primavera.
Gosto do vermelho.

Gosto.

Lunch Time.

Ando sem grande apetite.
Sem saber o que me apetece, sem vontade de fazer o que não sei que me apetece. Tenho que comer alguma coisa..

Tudo em pequena quantidade porque muitas vezes é o suficiente e o quanto baste para mim.

Para hoje escolhi umas fatias de pepino em cama de pão e queijo.
Boa Tarde