Done.

image

Hoje achei mesmo que não iria conseguir.
Pensei até em formas de solucionar a situação, passar o meu material a amigas e elas que fotografassem, ir e aguentar o máximo que conseguisse e pedir a alguém para editar…enfim pensei em tudo..
Depois Deus encarregou-se de me fazer conseguir.
Tive que tomar medicação a meio da manhã, mas aguentei.
Tenho tudo entregue, a selecção feita, e enviada para todos aqueles a quem tenho que enviar.
Do dia de hoje tenho ainda na semana que vem, uma reunião de selecção para folder.

Um Yearbook começa a preparar-se assim, agora, e manda-se imprimir em Junho.
Hoje sinto que valeu a pena o meu esforço.
Por eles, por mim.
Durmo, super cansada mas muito feliz por ter conseguido.

Boa Noite!

Advertisements

Dos sustos.

image

Precisa existir uma razão muito forte para aqui não vir.
Não sou pessoa de não vir por não me apetecer, ou porque não deu.
Se não venho por norma há uma razão forte para isso.

Não tenho estado nada bem..penso já aqui ter referido as dores terríveis na perna direita que me fizeram apanhar um susto daqueles..ainda não estou completamente descansada mas espero continuar a melhorar..
A tudo isso acrescem dores de cabeça brutais que me têm levado a adiar compromissos..e a fazer tudo (mas a fazer!) com grande dificuldade.

Hoje começou a temporada da fotografia.
O primeiro evento.
Eram muitas horas, já sei como é…
3 da manhã e acordei a achar que era desta que me dava uma coisa…uma dor de cabeça mas de um calibre que não tem descrição..
Tomei um comprimido, sabia que a alvorada era às 6.
Fiz o evento, nas com muita dificuldade.
Consegui, não falhei e isso é o mais importante.
Há várias crianças doentes na escola, inclusive do grupo que acompanhei esta semana ao Museu..
São viroses, dizem os adultos que por lá andam..
Eu sei que dores na perna como estas, com esta intensidade, nunca tinha sentido e que estas não são as dores que costumo ter. Embora não sejam nada meigas.

Enfim…
Aqui estou, não há make up que ajude um estado destes.
O melhor que consegui fotografar de mim. Agora.