Tipo Senhor dos Anéis.

image

Hoje era assim o ambiente, tipo Senhor dos Anéis…
Nevoeiro, sol, neve, humidade, temperaturas a rondar os 4 graus.
Uma atmosfera fantástica para fotografar.
Adoro esta luz.
Tão mágica quanto rara!

Boa Noite.
**

Advertisements

Adeus, Cavaco.

image

Já estou para escrever sobre esta pessoa (não lhe chamo senhor, desculpem-me) há um bom par de dias..
Finalmente saiu do nosso campo de visão, finalmente deixou de exercer funções, esta personagem que “assombrava” a vida política do nosso País.
Detesto o Cavaco Silva, enquanto político. Que personagem mais macilenta, mais sensaborona, mais amarga, sem carisma ou perfil.
Desde que me conheço como alma pensante que este indivíduo de porte alto, esguio e sem piada por ali andava..até agora…
Caramba que tempo a mais que lá esteve.
Nos últimos tempos para além de todas estas características, percebia-se claramente que já não reunia condições, que o seu lugar era a limpar o pó à colecçao de presépios com a mulher…
Foi um alívio esta eleição e este fim de mandato…
Ainda para mais, já de malas aviadas, resolve vetar uma série de coisas importantes..como que a querer que a memória do que foi seja escabrosa..ainda mais.

Veja lá se não desmaia quando for eleito presidente da União de Columbofilia do Algarve.
Adeus, Cavaco!!

From Today.

image

Estou sinceramente convencida que nos próximos dias não vou ter estas cores..
Palpita-me.
Quero aqui deixar a minha Boa Tarde, porque tenho a visita de uma senhora chamada “Migraine”, e que chega à  cidade nas próximas horas, nunca sabendo como me deixará.

**

De Hoje.

image

Está a chover, tudo a derreter e uma estrada feita de papas.
Aqueles dias cinzentos que não são bonitos mas que fazem parte dela tais como os solarengos…
A vida é mesmo assim, altos e baixos, gargalhadas e lágrimas, ausência e presença…
Se assim não fosse não era Vida, era tudo o que decidíssemos, num calendário perfeito de planificado.

O poder e a magia da Vida reside na surpresa do nada saber. De se ser surpreendido, de a cada dia novos desafios se apresentarem..
Reside não só naquilo que gostamos, mas nas “cacetadas” que levamos e nos ajudam a ser mais fortes..
Reside não só nos sorrisos mas na franqueza de nos mostrarmos nus e crus, sem sorrisos se assim tiver que ser, molhados de lágrimas se assim se proporcionar.
A Vida não são lantejoulas, nem brilhantes, são algodões cardados e calças de 5 euros, são meias da feira e botas em segunda mão, mas é também o conseguir ser a mesma pessoa de sempre, com tudo o que se nos atravessa.

A magia da Vida é mesmo essa.
É esta desordem que nos permite seguir e saber SEMPRE que atrás das nuvens há sol, e que nada há de mais precioso que Viver.
Vamos então cumpri-lo.

Bom Dia!!
**