Paixão!

9137c481f2d2542785ae8f66a160bd95

**

Advertisements

Too much to happen.

Enquanto recupero e tomo a medicação, assistia a um programa no Travel, “Bizarre Foods America” onde um chef, Andrew Zimmern, viaja por toda América na descoberta de pratos únicos e ambientes de comida fantásticos.
Neste caso explorava os mercados de Seattle.

image

Sou fascinada por fotografar comida.  Embora saiba que preciso de muito material para evoluir.
Pensava eu se há lá capacidade para me estar aqui a consumir com uma série de coisas, quando tenho ainda tanto mundo e tanta vida para fotografar. Tantos mercados por esse mundo fora, tanta coisa que ainda vai estar ao meu alcance, tanto detalhe, tanta coisa encantadora..
E eu estou aqui a consumir-me.
Salto daqui directa para o lançamento de um novo álbum de comida.
A vida não está para nos consumimos.
Nem quando estamos com febre, quanto mais.

Done.

image

E pronto.
Qualquer coisa comida.
E diligências feitas através de vários telefonemas com vista à substituição da medicação.
Impossível cumprir mais 8 dias de tratamento desta forma.
Graças a Deus o tormento de inserir seringas com quase veneno puro pela madrugada fora, vai terminar.
Minha nossa.

Insuportável.

É assim que me sinto.
Noites interrompidas, uma penicilina cujo ácido faz com que seja preciso meia hora para ingerir uma seringa com 1,5ml, entre lágrimas, choro, pedidos de desculpa e abraços.
De 6 em 6 horas. 4 vezes ao dia.

E eu sem força. Uma réstia. A arrastar- se e a fazer o que é possível.

Para vocês, para os especiais,
Bom dia!!
**