Do obrigar-me a.

image

Continuo sem apetite.
Não me trouxeram grande apetite as injecções e já é característico de mim não ter grande vontade de comer.
A diferença agora é que me obrigo a comer, forço-me a comer, nem que não me apeteça ou me custe horrores.
Fiz agora esta sopinha instantânea para mim.. Da Knorr, de cogumelos selvagens, a minha preferida deste tipo.

Fui convidada pela escola para ir ler um livro em português na classe do meu filho, agora de tarde, e não quero cair para o lado..
Na hora de escolher o texto, abri um livro ao acaso.. Saiu-me a história de alguém que procurava incessantemente a felicidade.. Correu o mundo à procura dela…

Nesta Vida, não há mesmo coincidências.
Boa Tarde
**