Ainda a propósito.

Vi agora um artigo que não podia ir mais ao encontro do que penso.
João Soares não se demitiu.
Foi demitido ontem quando António Costa lhe deu um raspanete público referindo que um Ministro nem à mesa de um café se poderia esquecer que era ministro, ressalvando que teria perdido a confiança política no visado.

Mais, cá para mim, uns 10 minutos depois de postar, percebeu a argolada e começou mentalmente à procura de um outro tacho. É só um palpite.