Das corridas.

image

Com a chegada do sol e da Primavera não preciso de obrigar-me a correr porque isso é algo que acontece naturalmente.
Estou farta, saturada, muito aborrecida de estar fechada em casa.. São muitos meses de dias pequenos, de noites convertidas em dias ou melhor de dias convertidos em noites..
Quando tudo deixa de estar forrado a branco [ainda há um mês assim estava],  quando as flores renascem nos mesmos locais de sempre mostrando a sua força e raça, quando o céu passa de cinzento a azul e o povoam as nuvens brancas.. quando as águas cintilam e ondulam deixando de estar congeladas.. quando há borboletas, cheiro de verde no ar e principalmente quando, junto à água, me cheira a casa.. então sei que é o tempo de retomar as minhas corridas..
Correr ajuda-me imenso.
A minha Playlist é antiga mas fabulosa e quando vou sinto-me bem porque é um tempo de comunhão comigo própria.
Não faço exercício para emagrecer.
Faço exercício porque sou muito mais serena a fazê-lo..

O meu melhor sorriso para esse lado.
Boa Tarde.
**