25 de Abril.

image

Há dias que custam mais.
Há datas que me custa passar longe de casa. O 25 de Abril é uma delas.
O 25 de Abril cheira a Alentejo.
Porque lá se celebra de uma forma diferente.
Porque lá se celebra.
Se canta vitória, se marejam os olhos de lágrimas marcadas pela recordação [e aqui refiro-me aos meus pais porque eu não vivi esses tempos], se cantarola, se comemora, de como as celebrações e as comemoraçoes devem ser feitas..

Já aqui referi (muitas vezes) que vivo as horas daí, não as daqui..
Que vivo os dias como se aí estivesse ainda que não estando..
Hoje foi feriado para mim, porque foi feriado para os meus.
Embora seja na vida paralela que me liga ao meu País.. Aqui foi um dia normal, mas com quem falei fiz questão de referir ser hoje um dia muito importante para o meu País..

Hoje é o dia que marca a nossa liberdade [de expressão, principalmente!].. Foi com os olhos marejados que o disse..
Porque metade de mim é saudade..
E a outra metade também.
**