Herdei.

Herdei.
Herdei muitas coisas dos meus pais.
Muitas coisas do lado da Mãe.
Outras tantas do lado do Pai.
Não sou pessoa de passar à frente. De desligar e viver. De não me consumir.
Sofro muito [mas um muito que não tem limite, um muito que é mais do que a barreira do muito mesmo, um muito muitíssimo].
Já percebi que tenho que me proteger porque senão qq dia é comigo, qq dia vou desta para melhor com um desses “axaques”  que dão às pessoas que se preocupam em ser fortes demais.
Os sintomas físicos são por demais..
Queria não ser assim..
Juro que era o que mais queria.

Boa Tarde.
**