Faz hoje.

Certos dias ficam marcados em nós.
Como ferros em brasa, como tatuagens, como feridas abertas.

Faz hoje anos que vivi um dos maiores pesadelos que uma filha pode viver com um dos seus pais..
Recordarei cada detalhe de cada momento vivido naquele que foi um tempo de terror que me roubou a tranquilidade que nunca mais tive..
Aquilo que só vemos nos filmes, nos ecrãs, nas histórias de ficção, eu vivi na pele com o meu Pai.

Não desejo a ninguém o que passei..  Lembro-me perfeitamente de todos os momentos, segundos, das lágrimas, do consolo, da angústia.
Foi muito duro, mas fui forte e estive lá para ajudar e “voar”  para baixo o mais rápido que consegui.
Há alturas em que temos de ir. Em que tem que ser.

Agradeço [hoje e sempre] a quem me ajudou com palavras amigas [ao telefone também] e que me deu suporte.

Esta Vida é uma tatuagem.
Das grandes e marcantes.

Boa Tarde
**