Das perdas.

Tenho perdido muita coisa..
Tenho perdido a reposição do meu País a uma “normalidade”  depois de um processo longo de austeridade financeira..
Tenho perdido dias e meses de sol aberto [sei que de muita chuva também]..
Tenho perdido o crescimento das crianças e o envelhecimento dos mais chegados..
Perdi o desenvolvimento e todo o processo de renovação da minha praia..
Perdi tantas horas de boas conversas na minha língua materna e tantos sorrisos sinceros..
Perdi anos da minha actividade..
Perdi muita coisa..

Perdi HOJE a estreia dos meus pais no Teatro.
Com 75 anos estrearam hoje a sua primeira peça “Rapaz de Bronze”  da Sophia de Mello Breyner Andersen.
Teria estado na fila da frente..
Teria chorado como sei bem, embora agora já de forma mais contida.
Teria rido e sentido orgulho como quando olhamos a quem tanto bem queremos..
Teria aplaudido de pé no fim [e aí chorado c’mo caraças]..

Quase em simultâneo vi a actuação dos meus pais.
Cairam-me as lágrimas.
Caramba como queria lá ter estado.
Caramba.

**

Advertisements

Dos preferidos.

image

Aqui estão os meus acessórios preferidos..
As pulseiras não as largo por nada, coitadas das desgraçadas, andam aqui há anos..
Já perderam a cor, estão alteradas mas não as troco por nenhumas outras..
Não quero novas. Quero estas.
As minhas pulseiras [estas] estão comigo há muito tempo.
Fazem parte de mim.

Boa Tarde.
**

And a wonderful sun outside..

image

Um sol radioso.
A toda à volta os jardins arranjados, as relvas aparadas, flores novas nos canteiros, e uma vontade enorme de ir correr..
Não estou no mood de ir fotografar.. Terça feira terei que começar bem cedo a fazê-lo e amanhã tenho o meu pequeno onde faço babysitting a fazer aniversário..
Tenho imensas saudades de fotografar [já aqui o disse] e percebo que retrato é talvez das coisas que me dá mais gozo.. Para isso preciso de pessoas que estejam dispostas [é nas crianças que me vingo] mas sou muito cuidadosa e não utilizo as fotos que lhes tiro.. a menos que autorizadas pelos pais..

Correr é outro pequeno vício que me começa a contagiar.. Só o consigo fazer com bom tempo mas sinto-me tão bem depois..
Hoje é tempo de.

Aproveitem o vosso dia.
Um abraço
**