Perdas.

Às vezes paro para reflectir..
No tempo que gasto em procuras incessantes e [infrutíferas]  deixando para trás quem me deu Vida..
Não me perdoo a mim própria porque por vezes nesta correria que tem sido o dia a dia [correria? Sem fazer nada? Sei que é o que todos questionam] não arranjo tempo..
Falhei um telefonema. Um dia.
Só isso, e agora uma sensação de culpa brutal.
Merda.

Advertisements

image

**

Da Vida.

image

Não costumo pedir aos outros mais do que me podem dar, não gosto de me impor aos outros, não gosto de chatear..
Tenho um feitio especial.
Sou muito agarrada e quase sou uma lapa. Sou preocupada, cuidadosa, sempre em cuidados quando alguém é importante..
Isso causa-me dissabores porque a distância, a ausência, nem sempre são facilitadoras do processo.
Aguento-me sempre, com esperança.
Tenho essa vantagem.

Um bom sábado para esse lado.
Um abraço.

**