Do inesperado. 

Há coisas que não conseguimos controlar. Que nos ultrapassam, que são superiores a nós, que nos imobilizam, e que nos afectam naquela que deveria ser a normalidade da Vida. 

Coisas com as quais não sabemos lidar, que preferíamos não ter que viver, presenciar, mas que se nos apresentam e que temos que saber dar a volta por cima. 

Não gosto de falhar aqui. Nem o costumo fazer. Se há coisa com que me preocupo e empenho é em não falhar aqui. E isso é claro e óbvio. 

Mas há situações que nos transtornam, nos tiram a clarividência, e a força de vontade.. 

Tenho um rato em casa. E um braço que não gosta de stress. É isso. 

Bom Dia 

**