Da Renda. 

Boa Noite. 

**

Advertisements

A foto de hoje. 

Esta é a foto do dia. 

Tanta coisa nesta foto. O poder de um abraço, de umas mãos que repousam e se acalmam.. 

Aqui não há Presidente nenhum. Aqui há duas pessoas que se abraçaram fortemente, cujas mãos muito diriam sobre os diferentes percursos que [provavelmente] tiveram. 

Não se dão abraços destes a toda a hora. Para ser sincera, abraços destes dão-se poucas vezes na Vida. Conto pelos dedos. 

**

Triste realidade. 

No meio de tanta coisa que aqui quero trazer, no meio de tanta mágoa que tenho por umas coisas, sensações de impotência por outras, ontem assisti a uma situação que não consigo não aqui trazer.. 

Não sou pessoa de ir a lojas com frequência, nem tenho tido paciência, nem necessito [por agora] de nada. Mas ontem em paragem muito breve, entrei numa loja de que gosto e onde costumo comprar algumas coisas. 

Pelos vistos havia um papel a pedir empregada afixado na porta [sou sincera, não o vi]. 

Falavam duas empregadas acerca da situação.. Dizia uma que lá tinha ido uma “senhora” com 40 anos tentado entregar o currículo, fazendo referência a que era cliente da marca, de que gostava muito e que portanto estava bastante motivada. A resposta desta colaboradora teria sido, e ela reproduzia “ahh sabe nós só aceitamos pessoas de vinte e tal anos,maximo trinta e, e, e..” 

Dizia a outra colaboradora  “Desculpa eu nunca seria capaz de lhe dizer isso. . Então a senhora é nossa cliente, vem cá tantas vezes, aceitavas o currículo e ela pelo menos não se sentia tão mal”  “Eu não sou capaz de tratar as pessoas assim”.. 

Ora bem eu fingia que estava interessada nos artigos e aguentei-me na loja até à conversa acabar.. 

De repente pensei..” Caramba, eu tenho 40 anos. Já ninguém me quer. Já ninguém me vai querer. E depois penso.. Eu é que sou boa demais para apenas dobrar calças ou registar t-shirts. Era o que me faltava se alguma vez alguém me iria fazer sentir inferior ou triste por isto.. Não tenho mau aspecto, tenho experiência, sou humilde e nunca deixei de fazer o que fosse. Não deixarei nunca que alguém me deite abaixo. Já sofri muito e levantei a cabeça. Sou pessoa decidida e convicta. 

Levava uns calções pequenos, num traje típico de uma adolescente. Apeteceu-me chegar lá e dizer.. “Tenho 40 anos, pareço-lhe inferior a si, ou incapaz de fazer o que faz?  Alguma vez se questionou que os 40 anos pelo menos dão a clarividência de não falar alto deste tipo de situações com clientes na loja e que se calhar até se podem rever nessas palavras?  Parece-me, honestamente, que tenho muito melhor aspecto que você. E olhe hoje já limpei uma casa, fiz malas, lavei o carro e tenho um filho no carro à minha espera. Cresça e depois tenha finalmente tomates para nunca dizer a uma pessoa de 40 anos que ela não é capaz. De fazer o que seja. ”

Boa Tarde. 

**

Another one. 

Outro dia que começa. 

Outro dia em que temos que seguir em frente, retomar, e ter muita força para a jornada que se avizinha, que assim o exige.. 

De todos os tempos duros que tive, [que tenho], o que me motiva é a esperança de um amanhã melhor, o ter fé de que tudo [um dia] ainda me vai correr bem. Não sou pessoa de desistir, de me transformar em algo que não sou, não sou pessoa de raiva, aceito o que a Vida tem para oferecer. Passei um mau bocado, tantas vezes apenas descrito aqui. Tantas lágrimas engolidas, transformadas em passos forçados numa tentativa de prosseguir caminho.. Porque a minha voz me dizia que depois da tormenta viria a bonança e eu sempre acredito na minha voz. . 

Sim tenho a certeza que perdi muita coisa, muitas horas de muitos dias..numa tristeza atroz num país distante sem sol ou luz sequer.. Mas sou hoje uma pessoa diferente, mais forte, com uma experiência de Vida pelo menos fora do vulgar comum. Não necessariamente melhor [pelo contrário], apenas diferente. 

Há um novo dia a romper e um sol que nasce de novo.. 

Bom dia e um Abraço para esse lado. 

**