Triste realidade. 

No meio de tanta coisa que aqui quero trazer, no meio de tanta mágoa que tenho por umas coisas, sensações de impotência por outras, ontem assisti a uma situação que não consigo não aqui trazer.. 

Não sou pessoa de ir a lojas com frequência, nem tenho tido paciência, nem necessito [por agora] de nada. Mas ontem em paragem muito breve, entrei numa loja de que gosto e onde costumo comprar algumas coisas. 

Pelos vistos havia um papel a pedir empregada afixado na porta [sou sincera, não o vi]. 

Falavam duas empregadas acerca da situação.. Dizia uma que lá tinha ido uma “senhora” com 40 anos tentado entregar o currículo, fazendo referência a que era cliente da marca, de que gostava muito e que portanto estava bastante motivada. A resposta desta colaboradora teria sido, e ela reproduzia “ahh sabe nós só aceitamos pessoas de vinte e tal anos,maximo trinta e, e, e..” 

Dizia a outra colaboradora  “Desculpa eu nunca seria capaz de lhe dizer isso. . Então a senhora é nossa cliente, vem cá tantas vezes, aceitavas o currículo e ela pelo menos não se sentia tão mal”  “Eu não sou capaz de tratar as pessoas assim”.. 

Ora bem eu fingia que estava interessada nos artigos e aguentei-me na loja até à conversa acabar.. 

De repente pensei..” Caramba, eu tenho 40 anos. Já ninguém me quer. Já ninguém me vai querer. E depois penso.. Eu é que sou boa demais para apenas dobrar calças ou registar t-shirts. Era o que me faltava se alguma vez alguém me iria fazer sentir inferior ou triste por isto.. Não tenho mau aspecto, tenho experiência, sou humilde e nunca deixei de fazer o que fosse. Não deixarei nunca que alguém me deite abaixo. Já sofri muito e levantei a cabeça. Sou pessoa decidida e convicta. 

Levava uns calções pequenos, num traje típico de uma adolescente. Apeteceu-me chegar lá e dizer.. “Tenho 40 anos, pareço-lhe inferior a si, ou incapaz de fazer o que faz?  Alguma vez se questionou que os 40 anos pelo menos dão a clarividência de não falar alto deste tipo de situações com clientes na loja e que se calhar até se podem rever nessas palavras?  Parece-me, honestamente, que tenho muito melhor aspecto que você. E olhe hoje já limpei uma casa, fiz malas, lavei o carro e tenho um filho no carro à minha espera. Cresça e depois tenha finalmente tomates para nunca dizer a uma pessoa de 40 anos que ela não é capaz. De fazer o que seja. ”

Boa Tarde. 

**