Amazing video and song. 

Alam Walker é absolutamente genial. Adoro as letras, Adoro as músicas, Adoro a realização dos vídeos. 

Incrível, Adoro mesmo. 

**

Advertisements

Inverno Puro lá fora.  

Está cinzento e a chover lá fora. 

Ainda não parei desde manhã, as caixas crescem a um ritmo alucinante, já saí para ir comprar mais, um miúdo já me fez um desenho no carro com uma pedra [ainda por cima um carro emprestado, de alguém que está noutro país, noutro continente e me emprestou o carro para não ficar parado; um carro novo, de leasing com riscos de uma pedra.. Enfim] 

Estou com dores de costas, com aquele nervoso miudinho de quem tem medo de se esquecer de algo.. Está quase tudo..

Está chuva, muita chuva lá fora e eu continuo de havaianas porque percebi que a minha unha não está recuperada para calçado fechado.. [A arrumar as caixas dei por mim a mexer em muitas memórias, muitas que trouxe para não me esquecer, outras que cá comprei porque alguma coisa de forte me diziam.. É duro este exercício, porque este não é tempo de emoções, é tempo de encaixotar e saber que era o que se queria..] 

Boa Tarde, Especiais. 

Dos dias extenuantes.

Hoje vou ter um dia daqueles. Amanhã tb vai ser um dia daqueles. E ontem tb foi. 
Têm sido dias atípicos. De empacotar vidas em caixotes. 3 anos de vidas. Não são só roupas, são livros, jogos, patins, bicicletas e um sem número de memórias.. Tudo empacotado e pronto a partir, pronto a regressar. Há muito trabalho a fazer, muita coisa ainda para tratar. 

Têm sido dias extenuantes que quero que passem depressa porque me tem sido pesados. Tenho vindo pouco porque o tempo não me tem chegado e porque muitas vezes tenho este pensamento parvo de que ninguém quererá saber do que ando a fazer.. 

Depois penso que este blog também é para mim e que tenho que vir. Por mim. Porque é triste [que tal como em tantos outros casos] a disposição das pessoas seja medida em número de visualizações.. E isso acontece-me, não sempre, mas acontece. 

Vou tentar que tenham noção do rebuliço que aqui está.. São muitas caixas, são muitas coisas a juntar às mil emoções de quem [finalmente] atinge aquilo que tanto queria: o regresso. 

Um Bom Dia para esse lado.

**