Do que nos “tatua”. A alma. 

Hoje, 1 de Outubro, é o Dia Mundial da Música. 

Tenho muitas [imensas] músicas de que gosto, que marcaram idades, momentos, vivências.. Depois tenho músicas que considero verdadeiramente especiais e essas contam-se pelos dedos das mãos, quais diamantes, que não estão ao acesso de quase ninguém [só de quem partilhou os momentos comigo]. 

Este “Faded” foi a música que marcou este meu ano. A que mais vezes ouvi, a que mais me disse alguma coisa, a que mais me coloca em alerta sempre que a ouço e aquela que faço questão de ouvir com mais frequência. 

“Where are you now?” é muito mais que um refrão.. É uma máxima. É um sentir. 

Boa Tarde. 

**