Da saudade. 

Tenho muitas saudades. As saudades não passam porque chegas. Especialmente por quem tem projectos às costas e não tem tempo sequer para se lembrar do seu nome do meio. Não tenho tempo para ler, para fotografar [das coisas que mais gosto de fazer] e para sentir que cheguei. 

Às vezes penso que ainda não cheguei. Que isto não é verdade. 

**