A Dream. 

Tenho vários sonhos. 

Um deles é ter [um dia] um gato. Babo-me de cada vez que vejo um gato, penitencio-me por não trazer um para casa [e há tantos por aí abandonados] e invejo quem tem o privilégio de ter um para passar os serões, passando a mão por pelo fofinho e recebendo em troca um ronronar de encantar.. 

Cada vez que vejo um gato abandonado quero trazê-lo no carro.. 

Apareceu esta gatinha abandonada no local onde vivo. Comecei por lhe dar leite (disseram-me que faz mal) e agora comprei-lhe daqueles pates que deve ser o equivalente a um humano comer bombons ou castanhas (no meu caso). 

Estou muito contente com esta gatinha. Queria adoptá-la mas não posso. Vou continuar a tratar dela. Tenho a certeza disso.[ Não posso pensar que lhe acontece algo].

**