Done. 

Pareço o raio da miúda que sempre fui, em Dezembro a agarrar nas pernas do meu pai a força-lo a ir buscar o machado para apanhar o pinheirinho mais lindo da floresta.. A arrancar o musgo mais verdinho.. Se o meu pai se quer imaginasse as saudades que eu tenho desses momentos.. 

A árvore está feita mas já tenho mais umas coisinhas para colocar.. Faltam ainda alguns pormenores de decoração mas tratarei. 

[Agora queria só mostrar-vos o meu sorriso. É para esse lado].  

**

Advertisements