D’Agora. 

Que raio de olheiras mais fundas, mais escuras, que raio de olhar.. Quem sofre [ou alguma vez sofreu] de enxaquecas, sabe do que falo.. 

Tenho uma esperança infinita. É o que me vai valendo. 

**