M, my cat. 

Nestas alturas em que estou menos bem, é muito reconfortante receber diariamente [nem que seja por pouco tempo] o ronronar desta gatinha. Ela dá-me muito, tanto [sem saber], muito mais do que lhe dou a ela.E já adora selfies 🙂 

[Tenho médico à tarde. Mas as dores estão agora. Aquela moinha que não mata, mas mói tanto..]  

**