Mário Soares (1924-2017)

Podemos gostar ou não dele. Podemos concordar com as suas ideias, com os seus ideais, podemos achá-lo presunçoso, arrogante, mas numa coisa todos temos que concordar: o seu papel na democracia portuguesa, o seu papel na conquista da liberdade para todos nós.. 

Foi uma figura que conheço desde que nasci, uma figura emblemática a que fui comparada mal vi a luz desta vida, um político marcante, destemido, com um verdadeiro sentido democrático e de estado.. 

Deixou o seu legado.. A 23 de Julho de 1976 (eu com 11 dias) assinou o I Governo Constitucional, e muitos se seguiriam. 

Deixou-nos hoje mas apenas fisicamente. O seu nome, como o dos que marcam um país, uma época, uma geração, uma democracia, nunca desaparecerá. 

Até sempre, Dr. Mário Soares! 

Advertisements