Do what you love. 

Fui fotografar porque às vezes tenho que me recordar daquilo que [tanto amo] fazer. 

**

Advertisements

A mix. 

Sou a mais complexa das criaturas.. Duvido [mas duvido mesmo] que exista alguém com o emaranhado das emoções mais complexo do que eu.. 

Sou a mais destemida das criaturas na pele da mais sensível e assustada que pode haver memória… 

Sou a mais segura que a espécie já viu, rodeada  da mais profunda insegurança… Sou super segura de mim, confiante, tem dias que poderia levantar o mundo e noutros estou qual carneirinho assustado que nem um passo ainda é capaz de dar.. 

Tem dias que sou a mais proactiva das mulheres e noutros que não saberei sequer tomar conta de mim, quanto mais de outros.. 

Sei como sou, sei como é a minha personalidade, sei aquilo a que me voto que são os meus valores, mas também sei que preciso deixar a muda da insegurança num qualquer closet bem longe de mim.. Estou numa altura sensível eu sei, é chato, aborrecido que não te consigam arranjar uma forma de te erradicar umas dores que permanecem.. Isso deixa-me a pensar, que pouco mais posso oferecer, que uma cara onde o sofrimento se vê a olho nu, uma cara que [quase] não sorri, uma cara que perdeu a vontade… 

Às vezes há pequenos gestos que mudam a vida das pessoas.. Podem ser simples mas são o quanto baste para que a vida desse alguém seja mais cheia, mais preenchida.. Gosto de perceber quando faço a diferença na vida de alguém, gosto de perceber que não é em vão a minha existência.. 
Preciso melhorar muita coisa. Não depender dos outros, é a primeira.

**