New week. 

Nova semana a começar.. Que seja uma nova oportunidade para me curar de vez, para me sentir de novo em pleno, e para desaparecerem de vez estas dores medonhas.. 

Já percebi o teor da coisa, não preciso de mais exemplificacoes, de mais exames, de mais medicamentos e de mais dor. Por favor!!

Que seja agora. 

[o [novo] cocktail da manhã está tomado, depois falta o da tarde e o da noite]. 

Bom dia e boa semana para esse lado

**

Advertisements

Não pode ser. 

“Viver sobre brasas”.. uma expressão do médico que visa alertar-me que não posso viver sob stress, sob angústia, sob ansiedade constante, sob insegurança..  

É imperativo e urgente que assim seja. 

**

Calm down. 

Eu sabia que isto podia demorar…Mas queria estar melhor [para anteontem]. Eu sei que de manhã estou sempre melhor do que à tarde, noite.. 

O saco de água quente é agora o meu melhor amigo, porque me traz um conforto que os químicos não conseguem trazer.. É triste, muito triste que tivesse agora que lidar com estas coisas mas tudo tenho feito do que está ao meu alcance para resolver/apaziguar a situação.. Tenho tomado tudo o que me mandam, tenho feito tudo o que me mandam fazer.. 

Estou claramente no ground zero das minhas forças.. E não, não tenho feito exercício porque a semana correu de todas as formas menos como a convencionei no domingo passado.. 

Sem saúde não somos nada.. Tão certo.. 

**

Bom dia, Domingo de chuva. 

Que tempo horrível. Cinzento, chuvoso, mesmo daqueles que não dá para fazer nada.. 

As dores ainda cá estão.. E isso entristece-me tanto porque me queria ver livre disto.. 

Um bom dia para esse lado. 

Um Abraço, 

**

Das dicas. 

O médico avisou-me que isto não me passará de um dia para o outro.. Que não há receitas milagrosas e que nem ele tem fórmulas mágicas. Eu sinto-me ligeiramente melhor [já não vou à casa de banho de 5 em 5 minutos] mas ainda tenho dores.. 

Uma das dicas é relaxar, descontrair e colocar uma botija de água quente sobre o baixo ventre.. É o que vou passar a fazer.. Vou tentar não pensar muito nas dores [que as sinto] e tentar não me stressar com o que seja, seja procura de emprego, espera de respostas, ou ansiedades várias por montanhas que afinal acabam sempre por parir ratos…

**