Simple is the new mood. 

Nem sempre tenho imaginação para os meus almoços em casa sozinha (como já perceberam).. 

Já lá vai o tempo em que resolvia a coisa com um pão com queijo ou com um iogurte.. Agora tento comer comida no prato, se possível coisas que não venham “em pacotes”.. Sinto essa necessidade porque tb acho que me devo proteger.. E não, não bebo refrigerantes (gosto de lasanha e pizza com coca cola, mas raramente o faço).. O meu corpo está muito saturado com medicação e ontem tive dores muito fortes de estômago que podem ser isso mesmo, saturação.. Hoje volto a ter um dia menos bom, mas o meu saco de água quente é um companheiro do caraças..e dá um alívio.. 

E beterraba gostam? 

A D.Arminda convenceu-me e fez muito bem.. Não que adore, mas percebi que não detesto.. E um chazinho Roibos de Baunilha?! Maravilha.. 

Boa Tarde, Especiais. 

**

Advertisements

… 

Mesmo. [mas dá para passarem as dores de vez?!] 

**

Dos “dias de”.. 

Desde há um tempo para cá que se tornou moda os “dias de” .. É sempre dia de qualquer coisa, dia das profissões, dia de cantar, dia de fazer uma massagem, dia do Paulo, da Inês e da Carolina, dia de comer sopa, dia das pessoas que gostam de arroz, dia de correr, dia de ficar a dormir, dia do mergulho. . Enfim. . Eu tenho uma opinião para isto:
R-I-D-I-C-U-L-O!! 

Todos os dias são dias de todas as coisas. E ponto. 

Vai daí e o Facebook lança aqueles vídeos com base nos likes ou em variáveis que nem se percebem bem (no meu caso foi buscar imagens de trabalho de 2011?!?!) para fazer um vídeo. Diz que hoje é o dia dos Amigos.. O meu vídeo tem pessoas com as quais não troco uma palavra ou qualquer interacção há séculos, pessoas que trabalharam comigo em 2011, pessoas que sim são meus amigos no Facebook, mas não fazem a porra de ideia nenhuma de como estou, por onde andei e se estou morta ou viva.. Isto é portanto uma treta sem outro nome que se lhe possa dar. 

O meu feed está repleto disto.. Ora bem urge esclarecer que ninguém tem interesse nestes vídeos, ninguém! Portanto façam como eu, partilhem para vós, apenas para vós mesmos. Ninguém quer saber de um boneco gigante dançarino feito de fotos de perfil de amigos.. Isto é como o ano em revista, o único interesse que pode fazer alguém clicar naquele vídeo, é tentar ver se aparece lá. É o único interesse. Não há pois razão, para que se partilhe vídeo atrás de vídeo.. Para quê, com que objectivo?! 

Isso e aquelas pessoas que vão de férias e partilham álbuns de 86 fotos.. Meus amigos, esqueçam!! Ninguém vê para além das 5 fotos que aparecem inicialmente, ninguém quer saber por onde andaram, e a menos que seja um fotógrafo que muito aprecie, consigo ver umas 10 fotos, não mais.. 

Nunca, em momento algum, publico mais do que uma foto nas redes sociais.. Tenho por minha experiência que se forem fotografias que considere boas, e se alguém quiser ver as minhas fotografias, procurará uma forma de as ver.. Da minha vida pessoal falo aqui, e mostro aqui.. Tenho obrigações nos grupos que, a título quase profissional, me obrigam à inserção de fotografias dos mosaicos que compilo..

No meu Facebook pessoal percebo que há muita coisa que não quero lá postar..[quantos sabem há quanto tempo estou doente?!] 

Um bom dia para esse lado. 

**