É o Correio da Manhã. E é isso. 

Já vi o vídeo. E sabem que mais?!? Quem criou tudo isto foi o Correio da Manhã. Que ao divulgar, publicar, apelar às visualizações, promover publicações com vista a partilhas, promoveu uma tempestade num copo de água. 

Não estou a defender a situação. No entanto, não me parece que haja ali algo sem consentimento. E a prova disso é a não aceitação da “vítima” no avançar da queixa. Caramba, estamos a falar de faculdade, de festas académicas regadas a álcool com as hormonas todas convidadas para o certame.. Estamos a falar de jovens..Nem todos têm este tipo de comportamentos mas há muitos que têm.. E tanto isto foi algo estranho que todos acharam que isto era um casal de namorados a exceder-se mais que a conta.. 

Neste episódio houve 3 coisas despropositadas:

1) a forma como estes estudantes se “degustam” na via pública, num espaço fechado como um autocarro com 100 pessoas ao redor;

2) a forma como as aventesmas seus pares filmam, rindo, toda esta situação e a dão a conhecer, sem sequer pensarem nas proporções que isto poderia alcançar [não vivemos nos anos 90 tenrrinhos, vivemos na era digital, fazes agora, sabe-se mais rápido que a tua própria sombra];

3) a forma estúpida, calculista, com que o Correio da Manhã promove e despoleta isto. Uma coisa de nada, caramba. Uma tempestade num copo de água. 
Vi entrevistas com pessoas que supostamente estão a sofrer represálias por terem assistido a isto. Nunca acharam que ela precisasse de ajuda [a ver o vídeo não há um momento, a meu ver, onde haja repúdio da rapariga com toda aquela situação]. Se estavam alcoolizados?! Não faço ideia. Sei que para muitos a masturbação começa cedo, no limiar da adolescência e portanto é só uma forma de retirar prazer. 

Acho que às vezes, as redes sociais para além de complicar tudo, também servem para extrapolar.. Para criar filmes, onde haviam só takes. É a minha opinião que vale o que vale. 

** 

Advertisements