Dos pensamentos. 

Às vezes não adianta pensar.. Não adianta matutar, porque isso não nos leva a lado nenhum..
Já a minha avó dizia e sempre lhe ouvi, que às vezes é preciso “por o coração ao largo” .. Não deixar que certas coisas te magoem, não deixar que certos pensamentos e/ou acções dos outros te deixem a morrer por dentro…

“Por o coração ao largo” é deitá-lo para fora por algum tempo, e [tentar] que nada o afecte, nem a solidão, nem os pensamentos, nem os dias cinzentos. É isto. 

**

 

Advertisements

Bom dia!

Muito Isto.

**

18557467_10206816758136006_5308402669257217075_n