Tenho medo. 

Nova ameaça. Desta vez num centro comercial.. 

Eu juro que tenho medo, tenho muito medo.. Porque não sei quando não poderá acontecer aqui, ali ao lado, isto é terrível.. Mas quando é que isto tranquiliza? Quando é que estas situações deixam de lançar o pânico?!

[Eu estou há muito para vos escrever sobre isto. Vivo numa zona rural. Por causa das plantações e para evitar que as aves destruam as culturas [são agricultores grandes, à séria] tem umas “bombas” activas que de minutos a minutos disparam. Num som brutal que se ouve a kms. Vcs conseguem imaginar isto?! Conseguem imaginar o que é  um coração a saltar de x em x tempo?! Todos os dias, as todos os minutos das horas?!] 

Raios parta os pássaros, as bombas, e os atentados.. Merda pra’isto. 

**

Advertisements

New day. 

Que arranque o novo dia.. Apesar de ser muito estranho este mundo em que, agora, vivemos.. 

**

Outro. 

Enquanto eu dormia, enquanto eu sonhava, lá longe mas logo aqui, acontecia um outro atentado.. Num concerto onde crianças e jovens se tinham ido divertir.. Mal abro os olhos percebo que são 19 os mortos confirmados, que já estão neste momento em 22..

Que mundo é este?! Que motivação pode haver para matar estes inocentes?!  Isto choca-me, e muito, apavora-me para ser mais precisa.. 

Enquanto eu dormia, acabava assim o dia dos abraços [como se fizesse algum sentido haver um dia do abraço, como se não fosse algo necessário diariamente, que não damos é certo], com uma espiral de violência destas.. 

Eu juro que isto me choca. E é tanto. 

Bom dia para esse lado

**