Just another day. 

Estranho pensar como o corpo humano por vezes não nos avisa de situações graves.. Como que com silenciador, o mal vai-se instalando e quando sabemos chegamos a situações de ruptura, situações graves que obrigam a cuidados intermédios.. 

Quando se trabalha no hospital conhecem-se os meandros, conhecem-se os cantos à casa e desta vez o “casa de ferreiro, espeto de pau” não se aplicou e foi detectado a tempo tudo ficando mais facilitado. O pior já passou. Até me esqueço que estou de férias.. A vida vai muito para alem das férias, da praia, do bronze e do papo para o ar.. Quero pouco saber destas coisas, de refeições em restaurantes, de hotéis com tudo incluído, até da vantagem que seria não ter que lavar à mão pilhas de louça diariamente… A vida é muito mais do que isso. Muito mais mesmo. 

Entram raios de sol no hospital, é soalheiro e nem aqui nos esquecemos que o sol quando brilha é para todos.. Os que forçosamente têm que aqui estar, mas que assim têm que cumprir, a bem do mais importante desta vida: a saúde. 

Boa Noite, Especiais

** 

Advertisements