De sonho em sonho..

Há sonhos de que não desisto, há sonhos que não sonhei e me apareceram, há sonhos recorrentes, outros muito ocasionais, há alguns que são sonhos daqueles com S grande e outros que dão reviravoltas a meio da noite e são tão sufocantes de reais que são.. 

A M morreu. E no fundo eu nunca disse a ninguém a falta que ela me faz, de como ainda hoje, diariamente e várias vezes ao dia, a procuro no sítio onde dormia numa esperança vã que seja mentira a sua morte.. 

A MY apareceu esta semana.. Caiu do céu aos meus pés. Não sei de onde vem, de quem é, onde come, onde dorme.. Sei que me conquistou quando me olhou, no primeiro olhar, como nos conquistam aquelas pessoas que nos olham com olhos de ver, com olhos de profunda e intensa raridade.. Não era perfeita e foi isso que [ainda mais] me encantou. 

Hoje consegui tocar-lhe. Queria ter-lhe dito que queria que soubesse que o meu coração já a tinha adoptado, e que estarei aqui amanhã com comida. Teve muito medo de mim mas aceitou-me, e deixou-me ganhar o dia, porque lhe fiz uma festa enquanto acanhada olhava para baixo.. 
[Raios me partam se a minha vida acaba sem que, um dia, tenha um gato..]
Boa Noite, Especiais. 

**

Advertisements