Sunday Tea. 

Domingo cheira a chá. Domingo cheira a lareira acesa e a Roibos de Baunilha. Domingo cheira a tantas vezes dor de cabeça. Como a de hoje, brutal e assustadora. Apaziguou mas tenho tanto medo que volte.

Domingo cheira a jogo de futebol no estádio para apoiar o clube de 3 letras que se carrega ao peito. Domingo cheira a pantufas e a lanche ajantarado. 

Domingo cheira a saudade. Da feira onde mais um ano não fui, da minha avó onde dormia nos meus primeiros de Dezembro da infância. Domingo cheira a melancolia. 

O Natal está quase aí. Nessa altura estarei na casa mais fria que conheço. Domingo continuará a cheirar a lareira e nunca, mesmo nunca, deixará de cheirar a melancolia. 

** 

Advertisements