Da paciência. 

Sou uma pessoa paciente demais. Até um dia. Sou uma forte demais, orgulhosa, daquelas de cabeça erguida e coração mergulhado nas feridas. Até um dia. Não sou de dar a ver. O que me magoa e quanto. Mas haverá um dia em que isso deixa de acontecer. Porque também eu me farto. De tanto engolir, de tanto fazer de conta.

Foram sempre as estrelas. As que comprei feitas acessório, as que pintei inumeros dias, as que aqui partilhei.. E às vezes olhamos e parece que se foram de vez. Não bastasse os céus só estarem estrelados de quando em vez, e nem todas as que contamos fazerem parte das nossas contas, ainda temos que ter algumas tão longe..

Porque estrelas são magia. Onde quer que estejam. Para sempre.

**

Advertisements