Ditadura do gorro. 

Sempre gostei de acessórios. Gosto de gorros, cachecóis, golas e tudo o que possa compor o visual e dar cor.

No Inverno visto-me [quase sempre] de preto integral. Calças pretas, saias pretas, casacos pretos, camisolas pretas. A cor que uso é nos cachecóis, nos colares, nos acessórios que uso.

Quando vivi fora aumentei em grande escala o meu stock de gorros e cachecóis. Acontece que aqui quase não uso gorros. Porque de manhã, se deixo o miúdo na escola, e vou de gorro, sou olhada de lado, como se saísse dali e fosse assaltar uma bomba de gasolina. Há um estigma no uso de gorro mesmo que estejam – 2 graus e esteja um frio de bater o dente. Lá fora toda a gente usa gorro, sem qualquer problema com isso, aqui é o que vemos.

Não vou deixar de usar gorro mas tenho que confessar que me sinto muito mal com os olhares de repúdio dos outros. Sou a mesma pessoa de fato, de calças rotas, de cabelinho arranjado e de gorro ou chapéu..

**

Advertisements