Reforço da alma. 

É preciso pouco.

As sopas de beldroegas são aquele tipo de sopas que se aprende a gostar com a idade. Porque as beldroegas não são consensuais, para uns são apenas ervas daninhas, para outros são apenas ervas daninhas mas banhadas a ouro e um petisco que aquece a alma e o coração. Podemos comer certas coisas em certos locais do mundo, mas umas sopas de tomate com figos nunca serão iguais às que se comem no Alentejo, nem as sopas de beldroegas de alguém saberão como as da minha mãe. Certas coisas combinam com certas pessoas, em certos locais. Eu não gostava de açordas e agora já gosto, não gostava de uma série de coisas que agora já gosto, como as favas em cama de sopas de pão, ou as ervilhas com ovos escalfados que faço [agora] em casa, quase todas as semanas..

A minha mãe fez-me as sopas de beldroegas, fez-me chá de brasas, fez-me miolos de pão [outra comida alentejana que adoro] e deu-me a caixa de Ferreros que se esqueceu de me dar no Natal..Foi a forma que tentou de me levantar a cabeça no emaranhado de medo e susto que viu espelhado nos meus olhos.. Foi a forma que me ajudou sem precisar de sofisticar..

Às vezes a vida tem que ser mesmo isso. Pouco sofisticada. Apenas simples.

Obrigada, Especiais.

**

Advertisements

Da solidariedade. 

Já diz o ditado que é em tempos duros que vês os amigos que tens. Os que gostam verdadeiramente de ti, os que se preocupam verdadeiramente contigo. Já passou uma semana e ainda não consegui serenar. Tive pessoas impecáveis que mostraram a disponibilidade e a solidariedade que amigos de uma vida não mostraram. Na desgraça, as pessoas fogem todas. As pessoas querem é sucesso, querem é sorrisos e coloridos. Muito mais árduo é enxugar lágrimas, ou apenas fazer companhia a quem dela precisa, ou um telefonema para dar um alento ou um sorriso. A solidariedade e a amizade vêem-se aqui, neste agora, escuro e doloroso. Porque há um pequeno que é preciso erguer e que pode até parecer bem mas não está. Depois há a gestão dos silêncios e a harmonização dos barulhos. O equilíbrio dessa dicotomia é difícil para caramba..

Tenho passado os maiores traumas da minha vida. Tb pensar que poderia ser eu nesta situação, ou o meu filho. Pensar se fosse eu.. Tanta coisa que ficaria por dizer e por viver. Tanta coisa… 

** 

Não falha. 

O meu sexto sentido não falha. Mas não falha mesmo. Posso parecer alheada, distante, mas estou  bem alerta. Todos os minutos das horas. Mesmo nas mais escuras.

**

13.

Uma noite quase em claro, uma tosse de outro mundo e agora os raios de sol a entrar pela pequena fresta entreaberta..

Não sei quando vai demorar este sufoco, esta sensação de impotência, este não saber, nem prever..

A vida é um fio.. Mesmo, mesmo verdade.

**