O milagre do sol. 

É mais do que sabido o poder do sol, a energia positiva que emana, do milagre que é sentir o sol. Estive 3 anos a viver fora e, à excepção da Primavera e Verão, o sol era tão escasso, que não raras vezes fotografava os raios de sol que me entravam pela janela.. Duravam muitas vezes apenas 1, 2 minutos e era o bastante para me dar energia. Aprendi a conviver com um céu cinzento [até hoje das coisas que mais me custa], com alturas de neve pelos joelhos, com gelo negro, vidrado, daquele onde é impossível conduzir, e com uma hora de claridade por dia. O ser humano tem uma capacidade de adaptação estrondosa e por isso consegue, pacientemente, aguardar que a Primavera chegue..

A mim, como a vós, acredito, o sol tem o poder de tudo transformar. Apetece fotografar, apetece correr na rua, apetece sentir a brisa enquanto se passeia junto ao rio, apetecem flores frescas e tempo passado nas varandas.

Quartas feiras são cheias das rotinas delas e hoje não foi excepção. Uma grande companhia para o almoço de 1 metro e 45 apenas. 

Não sei quantos dias dura este tempo, por isso, desse lado, toca a inspirar este sol, para quando não o tivermos. 

**

Advertisements