Infinito. Obviamente, mais que muito. 

Hoje tentei explicar ao meu filho que ganhar ou perder, tem pouca importância. O que conta tem que ser o afinco que se põe nas coisas, a atitude, a forma como se dá a volta.

Tive que lhe explicar que não consigo comprar-lhe os cromos da caderneta do Mundial, porque é muito dinheiro e não pode ser. Isso entristece-me obviamente, mas há coisas mais importantes. Ele um dia vai perceber tudo e depois de umas horas de conversa percebeu que se calhar anda a perder horas demais a jogar no seu smartphone, e que uma jogada de “Quem é Quem” com a mãe ao final da tarde pode ser tão ou mais aliciante que umas partidas de futebol numa qualquer app. 

Às vezes é preciso gastar tempo a explicar estas pequenas coisas aos miúdos. Explicar-lhes que infinito será sempre muito mais que muito e que a soma de todas as partes.. 

** 

Advertisements

Bom dia.. 

Uma mensagem de bom dia, porque o meu vai começar agora.

**