Inspiration. Das pessoas III

Já aqui falei dele, várias vezes. A última num post chamado “Das pessoas II”, falei exactamente deste momento.

O Eng. Valdemar Caldeira, cuja história podem conhecer em várias páginas da net, ou aqui no meu blog nos posts “Das pessoas” e “Das pessoas II”, é de facto uma inspiração para muitos. Tem um grupo no Facebook [não sei se saberá da sua existência, sou sincera] e toda uma legião de fãs.. O Eng. Valdemar Caldeira não é um artista, não é uma político, é apenas um ser humano com um coração maior que o peito. Que, não precisando [é professor universitário reformado] prefere viver a vida como se de um mendigo se tratasse. Encontro-o diariamente. Na última vez que escrevi sobre ele referia que tinha visto alguém com uma máquina profissional a tirar-lhe uns retratos.

Consegui encontrar um desses retratos, que aqui vos trago. Não é da minha autoria, mas é um retrato absolutamente brilhante. Os olhos que nunca lhe tinha visto por estar sempre curvado a caminhar, uns olhos azuis como os da minha mãe. Um cabelo branco de neve que de certeza não usa champô Roxo. Umas rugas de sabedoria numa pele mais cuidada que a de muitos. Um ar alinhado dentro de todo um desalinhamento, que o caracteriza. A gravata preta, desbotada, mas sempre a compor o visual, por cima da roupa rasgada e esfrangalhada. Toda uma sabedoria e bondade que emana. 
Vi um comentário nesta foto que me fascinou.. “Ele caminha e ninguém é capaz de o deter”.. É isto mesmo, é esta magia que dele sai e que fascina todos os que lhe cruzam o caminho e, como eu, não tem coragem de lhe dizer o quanto é fascinante. 

** 

Advertisements

Bom dia, quinta-feira. 

Que seja tranquila para esse lado.

Para este, vai ser de trabalho com um focus group de 3 horas. É obra.

**