Green. 

Hoje quando saí de casa às 16.30h estava longe de imaginar o que estava para acontecer na Academia do Sporting.

Poderia aqui escrever muita coisa mas o momento é de revolta e muita tristeza. Inconcebível, o que aconteceu. Como é possível descer ainda mais baixo depois de tudo o que já vinha acontecendo?! Chamar adeptos àquele grupo de mafiosos que entraram a abrir sobre staff, jogadores e treinador de um clube como o Sporting é a mesma coisa que chamar crentes aos extremistas terroristas. Uma vergonha, não consigo encontrar outra palavra.

Se eu soubesse, às 4 horas, em vez de rosinha teria escolhido vestir verde. Em homenagem ao meu clube.

Que tristeza, que revolta, que murro no estômago. Quando é que este gajo sai dali? É preciso quê? Morrer alguém?!

Palhaço é pouco.

**

Advertisements