Just dreaming with pure love. 

**

Advertisements

Night & HOM

Tenho estas calças há uns 5 anos e nunca tinha olhado para elas com olhos de ver.

HOM, just keep with open eyes.

**

Love. Dream. 

Eu não segui um segundo que fosse da cobertura para o casamento real britânico do Harry e da Meghan, que hoje aconteceu. Acordei às 8 da manhã, tomei banho, fui comprar umas havaianas ao pequeno e seguimos para um evento de troca de cromos. Se preferia ter ficado noutro programa de sábado?, nem sei. Acho que se calhar ver um sorriso na boca do pequeno é quanto me basta.

Não sou grande fã da família real britânica, mas como qualquer mulher caranguejo, sou uma sonhadora. E este era um casamento de princesas. Acompanhei o casamento da Diana há muitos anos atrás, na televisão a preto e branco que os meus pais tinham, e acompanhei o seu funeral, com os dois filhos pequenos a acompanhar o cortejo e a coroa de flores com a palavra “Mummy” sobre a urna. Marcou-me essa imagem até hoje. 

Adoro cabelos ruivos, acho o máximo. Sempre achei uma enorme graça a este Harry. Gosto daquele ar “fora da caixa” a borrifar-se para o que está dentro dos parâmetros reais. Gosto disso, gosto do ar irreverente, da barba, do olhar aberto e sem ar de picuinhas.

Hoje casou-se com uma plebeia americana, filha de mãe afro-americana. Nem sei se teve que explicar a alguém que era com ela que queria casar, com a americana divorciada, filha de pais divorciados. Isso pouco conta.

Não sei se há interesse da parte dela, mas pouco me interessa. Acho a miúda gira que dói, com um ar normal, [fora da caixa das princesas]. Escolheu um vestido simples e está linda de morrer, porque quem é verdadeiramente belo brilharia com qualquer trapinho e escolheu bem a máxima “less is more”. Vi este vídeo da cerimónia. Fui ao YouTube e escolhi um. Chorei, porque faço parte da grupeta que chora com noivas a entrar no altar, e porque ouvi com atenção as duas frases que terminam este vídeo do Harry olhando a noiva:

“You look amazing”

“I’ m so lucky”

Isto para mim vale tudo. Porque para mim o Tudo, é isto, é muito pouco. É o que me toca nas entranhas, é o que me fascina, é o que me marca. 

É isto. Apenas isto. 

**

Saturday. 

O meu filho acorda cedo, não é criança de aproveitar para se demorar nos sonos. Já está acordado, mesmo com insistências da minha parte, dizendo-lhe que ainda era cedo. Pediu-me que lhe desse o seu telemóvel, os fones, porque queria ouvir música. E lá está ele a cantarolar à maneira dele..

Os miúdos passam por tantas fases, mesmo que nos pareçam [ainda] aqueles pequenos bebés que conhecemos há tantos anos. Por isso fazemos o que seja para que sejam felizes e por isso lá vou eu hoje com uma data de miúdos a um evento de cromos. 

Bom dia para esse lado.

**