Muito mais que fantástico. 

Gosto de música na minha língua. Quando fui viver para fora, levei comigo livros e discos com música portuguesa. Comprei todos os álbuns que não tinha do Pedro Abrunhosa e avancei com toda a discografia dele na bagagem. Ouço muito Pedro Abrunhosa por ser o meu compositor contemporâneo preferido, mas gosto muito desta nova geração.

Em 2016 ainda não estava cá na maior parte do ano civil. Perdi esta dupla, estas 28 noites nos Coliseus. Houve muita coisa que me falhou enquanto estive fora mas por um lado acho que não me falhou nada. Li todos os livros dos meus autores favoritos, e descobri na hora ou mais tarde todas as músicas.. “Nasceram”  nesse período muitos músicos de que, actualmente, gosto muito. 

Este álbum é divinal. Tenho ouvido de trás para a frente e não me canso. Escutem esta maravilha. Mandatory

**   

Advertisements