Do sonhar. 

Ando há que tempos para fazer uma nova tatuagem. Ando há que tempos com uma na cabeça, coisa simples mas que me diz muito. A indecisão do local [no corpo] onde a fazer, tem-me feito adiar, adiar. Não tenho medo, porque a dor das tatuagens é para mim fácil de suportar e se quem faz costela faz tudo, então sem problema.
Esta noite sonhei que estava a minutos de a fazer. A indecisão do local, sempre a mesma indecisão que me fez acordar às 6 da manhã, em sobressalto. Não concluí o sonho, e não está concluída esta minha decisão..

Hoje foi Julho no calendário e Dezembro na cor do céu. Não brilhou o sol, nem por momentos. Uma aragem estranha, um tempo triste e estranho que me faz querer rumar a sul quanto antes.

Trabalhei ao computador mais de 6 horas. Entre folhas de Excel, e análise de folhetos, senti agora necessidade de parar e fazer ginástica. E fiz. Localizada. Mais de 100 abdominais e localizada nos braços e pernas. O exercício é como as cerejas, o bom mesmo é começar..

**

Advertisements