Hands & Nails. 

Não tenho paciência para unhas arranjadas daquelas que, em mim, duram 2 horas. Sou viciada em mãos. Não considero que umas mãos sejam mais bonitas ou especiais por terem as unhas pintadas, antes pelo contrário. Gosto de mãos naturais, gosto das veias que as compõem e das linhas que delas fazem parte. Mas sei que há uma legião de fãs de unhas de gel, gelinho, detalhes na unha do dedo anelar que vão desde quadros pintados, a florzinhas, corações, brilhantes cravados, bonecada sem fim, formas geométricas, alternação de cores e riscos e confusões, que pufffffff, pura e simplesmente, abomino. Para não dizer detesto. Uso muito poucas cores, e não uso verniz de gel ou afins há mais de 6 anos. Porque não gosto. Se gosto de ver assim umas unhas destas, como as que pintei há umas horas?! Sim gosto, mas não tenho paciência para não arear os tachos ou para ter mil cuidados na faxina que diariamente faço em casa. E vai daí ando há meses com as unhas sem nada e não me cairam os parentes por isso.

Lá para logo à noite já isto está uma miséria, vão ver. 

**

Advertisements

Healthy way of life. 

Digamos que estou aprumada como nunca num estilo de vida saudável. Interessa-me muito cá andar muitos anos e bem. E por isso venho desde há algum tempo a fazer alterações na alimentação. Tenho uma resistência brutal a carnes vermelhas, que consigo comer picada apenas e quase. Não posso com bifes de alcatra, pojadouro ou afins. Como carnes brancas, adoro porco preto, confesso, mas carnes vermelhas comecei a deixar de tolerar.

O pequeno almoço sempre foi o maior sacrifício para mim. Até que percebi que sem farelo de trigo ou fibras não consigo ir à casa de banho, e portanto tive que o introduzir. Costumo comer sempre All Bran com iogurte grego, mas desde esta semana comecei a introduzir queijo fresco batido, vulgo queijo quark, que como com o farelo e que adoço com doce de fruta, um bocadinho só para misturar. Ontem comprei novamente esta granola que para mim é a melhor do mercado. Compram no Continente por menos de 5 euros [não é muito fácil de encontrar, não se encontra em todos os supermercados]. Hoje fiz um mix, sei que é saudável, não salto aos pulos de contente, antes preferia um prato de farinha Pensal, mas para pré-treino foi bom.

O tempo está maravilhoso e agora para o almocinho preparei uma salada de atum e grão, bem saudável também.

[Tenho muito medo de me falhar a saúde, de me falhar a vida. Esse é o meu maior medo]

**

Last. 

Último dia do mês de Agosto. O Verão passou a correr, o ano está a passar a correr, o tempo é fugaz e passa muito, muito depressa..

Está um sol fabuloso. É tempo de exercício, ah pois é.

Bom dia, Especiais.

**

Night, Night

Venho pouco dizer boa noite, mas ensinaram-me a nunca desistir. E eu tenho desistido deste cantinho às vezes, por achar que não vale a pena… Mas depois dou por mim horas a ler anos anteriores e sim, para mim faz todo o sentido. Não vou desistir. Mesmo.

Night, Night

**

Das rotinas. 

Sou muito preguiçosa para o exercício já aqui o confessei, mas quando meto uma coisa na cabeça, quando me afinco num foco, não há quem me pare. 

Tenho feito certinho e direitinho o meu exercício. Não tenho falhado mesmo quando não me tem apetecido. Tenho fechado a boca mais do que gostaria, e não tenho piscado o olho ao pão e às bolachas, porque nem sequer lhes meto a vista em cima. Não tenho resultados na balança mas não é isso que me interessa. Quero resultados no corpo, e no bem estar. Quero ser capaz de carregar sacos sem me queixar, quero correr 10 kms na rua sem parar, quero transpirar de tanto fazer exercício sem ter a sensação que me vou apagar, quero ser capaz. Quero ter energia, quero não sentir dores nas costas, nos braços. Quero fazer 300 abdominais sem um ai, no dia, e nos seguintes. Quero fazer isso sem dizer nada a ninguém, para além do que aqui coloco.

Quero chegar a Maio e cumprir o hastagh que criei:

#laparaMaioestouemforma

**