O crime do Montijo: histórias que chocam. 

Há coisas que parecem mentira.

Fiquei incrédula ao perceber o que tinha de facto acontecido neste caso, e como pode atingir o ponto máximo, a malvadez humana. Não há palavras para descrever o que aqui se passou.

Uma mãe que é morta pela sua própria filha [adoptiva é apenas um pormenor] e pelo genro, que “aprendem” durante meses em séries policiais como matar a mãe, que pesquisam no Google como se livrar do corpo, que são capazes de drogar a mãe, dar-lhe com um martelo na cabeça??!?! e transportá-la para um sitio ermo, rega-la com gasolina e atear-lhe fogo..Por causa alegadamente de dinheiro, de heranças?!? Como é possível?! A que chegou o ser humano, o que é isto? Pessoas que ainda por cima mentem às forças policiais para dar a ideia de que teria desaparecido ou ter sido vítima de um crime [por desconhecidos], que lançam avisos nas redes sociais, que afixam avisos nas ruas, com o maior desplante?! ? 

Tenho muita vergonha de pessoas assim. Não se podem chamar de pessoas, tem menos sensibilidade que os animais. Felizmente que foram apanhados, que fiquem na prisão durante muitos e longos anos, e que sofram sem nunca mais terem pinga de sossego. 

Muito cruel, muito feio, muito desumano. 

** 

Starting the week. 

Continuo com o mesmo afinco a que me propus neste regresso de jornada. Complemento o treino de cardio com um treino de braços mais localizado e series de abdominais. Hoje fiquei a tremer, sinal de que puxei mais do que é normal ou estava mais fraca do que é costume. No fim de tudo sinto-me sempre mais que óptima. Um pequeno vício este, que não me saia mais do corpo, que..

#laparaMaioestouemforma

**

Monday. 

Mais uma segunda, mais uma semana, esta carregadinha de trabalho.

Tempo de focar no novo “ano” que agora começa, porque para mim as resoluções de Setembro são sempre mais afincadas do que as de Janeiro.

Força e vamos lá. Bom dia para esse lado

**