Homemade cookies. 

Sou uma pessoa atípica. Ou então não. Não sei quantas pessoas, para além de mim, não poem os pés na rua há mais de 3 domingos. Ficar em casa. O dia todo. De pijama, e pantufas.

Ainda não tive cabeça para a árvore de Natal, nem sei quando a irei fazer, mas andava há que tempos para fazer com o pequeno umas bolachas de manteiga. Hoje foi o dia.

Metemos mãos à obra e fizemos 4 tabuleiros de bolachinhas caseiras, para dar para os lanches da semana.

Estas bolachas são muito simples de fazer, e embora não tivesse todos os ingredientes [e tivesse usado a única farinha que tinha que não era a adequada], saíram apetitosos. Conseguimos aliviar um pouco da Revolução Francesa, do General Junot, do Napoleão Bonaparte, e fomos por a mão na massa dizendo mais de vinte vezes “Linhas de Torres Vedras” que o arre deste nome estava difícil de fixar.

[Não há aqui ingredientes que façam mal, nem aditivos, nem E-daqueles que fazem terrivelmente]. 

** 

Advertisements

Mesmo. 

**