Vou contar.. 

Good Night

**

Advertisements

Depois de um dia zero.. 

… Vem sempre um dia melhor…

Ontem foi um dia para esquecer. Tive uma das maiores enxaquecas dos últimos tempos, que me deixou tão prostrada que só consegui sair da cama à 1 da tarde. Dormi, voltei a dormir, sonhei, voltei a sonhar, e só depois de uma dose valente de medicação, consegui passadas muitas horas reagir. Saí em modo zombie, sem maquilhagem, sem vontade para nada,e com um ar amarelecido e doentio [com que continuo aliás]. Estes são os dias a que chamo dias zero, os dias em que não se produz, em que não se realiza, em que nada se acrescenta, em que tudo custa, e tudo dói. Não tenho muitos dias assim felizmente. Mas lá calham. Os dias zero são também aqueles dias em que os planos nos saem furados, em que as mil intenções caem por terra, em que tudo se desmorona. 

Hoje foi outro dia, o amanhecer colorido e radioso que o astro ofereceu, adivinhava um novo e solarengo dia. Continuo sem a energia de outrora mas tento sempre disfarçar [o que é impossível nos dias zero]. O ginásio está feito por hoje e há dias em que me sinto uma pessoa capaz e valente, noutros é o que sabemos. Se calhar, no fundo, somos [mesmo] todos assim.. 

**